emagrecimento

Emagrecimento sem causa aparente por ser sintoma de doença endocrinológica

A pressão social faz com que as pessoas comemorem ao ver números menores na balança. É natural que, depois de algumas semanas de modificação alimentar, diminuição de açúcar e aumento da atividade física, o corpo sofra alterações tidas como benéficas. O emagrecimento, nestes casos, é indicação de que a transformação de hábitos está surtindo efeito.

Se um indivíduo começa a perder peso sem nenhum motivo aparente, no entanto, é preciso observar este quadro com cautela. Abaixo, citamos alguns motivos que podem estar por trás do emagrecimento abrupto de alguns indivíduos.

Quando o emagrecimento pode ser um problema?

Se você passou a sua vida inteira com um peso médio ou nunca teve facilidade para afinar, deve ficar atento se perdeu mais de 5% do peso corporal em um período de seis meses. Perder 3kg ou mais com a mesma rotina de sempre pode indicar alguma disfunção hormonal, diabetes ou mesmo algo mais sério.

Vale a pena ficar atento também para os seguintes sintomas:

  •    cansaço extremo, mesmo depois de um período de descanso: o indivíduo pode estar anêmico, depressivo, ansioso ou com problemas na tireoide;
  •    alterações no funcionamento do intestino: úlceras e a doença de Crohn podem fazer com que o corpo passe a funcionar de maneira incorreta;
  •    boca seca: pode indicar, entre outras coisas, a presença da diabetes;
  •     infecções que vem e vão, dores de garganta constantes, manchas pelo corpo: infecção aguda pelo HIV pode causar estes problemas. Se você teve relações desprotegidas nos últimos meses, deve fazer exames para DST depressa, para descartar ou confirmar as suspeitas clínicas.
  •     dificuldade de concentração, problemas de memória: podem indicar demência ou início do mal de Parkinson.

A perda de peso pode estar associada também a doenças de caráter psicótico, como a bulimia e a anorexia. Se alguém próximo ficou magro “de repente” e tem apresentado dificuldades para comer, conta calorias o tempo inteiro e tem se isolado do convívio social, desconfie.

Medicação também pode causar modificações corporais

Existem medicamentos antidepressivos, como a Sertralina, que podem causar falta de apetite e, com isso, emagrecimento. É importante que pessoas que estão passando por tratamento psiquiátrico sejam acompanhados também por um endocrinologista, para que ele possa auxiliá-los no processo de cuidar da mente sem descuidar do físico.

Como são feitos os diagnósticos de doença endocrinológica?

O primeiro passo é sempre ouvir do paciente. É importante que o indivíduo forneça dados sobre rotina, alimentação e informe ao médico se passou por situações traumáticas, estresse e similares nos últimos meses.

Após observar o quadro fornecido, o médico poderá solicitar exames de sangue, urina e fezes e, às vezes, exames de imagem. Exames auxiliares podem ser pedidos e, caso seja necessário, o especialista solicitará ao paciente que este entre em contato com médicos de outras vertentes clínicas.

Um tratamento consciente leva em consideração as queixas apresentadas e busca trazer ao consultório toda a ajuda necessária para que o quadro se desenvolva da melhor maneira possível. Para diagnosticar o que causou o emagrecimento abrupto, o endocrinologista pode solicitar também exames de cunho oncológico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista no Rio de Janeiro!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp