câncer de tireoide

Câncer de tireoide: o que você precisa saber

 

O câncer de tireoide, apesar de não estar entre os mais comentados, é o 5º na classificação dos que mais afetam as mulheres. Ele é menos comum nos homens, mas ainda ocupa uma posição significa no ranking: é o 17º mais prevalente nesse público.

Na grande maioria dos casos o câncer de tireoide responde satisfatoriamente ao tratamento. A seguir, confira tudo o que você precisa saber sobre o câncer de tireoide.

Câncer de tireoide: o que você precisa saber sobre a condição

1. Mais comum nas mulheres

O câncer na tireoide acomete mais o público feminino, caracterizando um risco maior durante o período reprodutivo. Mas, apesar de ser 3 vezes mais comum nas mulheres, também pode ser diagnosticado em homens.

2. Fatores de risco

O câncer da tireoide tem como principais fatores de risco o histórico de ocorrência em familiares e a exposição excessiva a qualquer tipo de radiação.

3. Como prevenir

Para prevenir, o clássico exame clínico, em que o médico apalpa o pescoço, é o mais importante. Em caso de suspeita, o médico solicita ultrassonografia da área.

4. Ultrassom do pescoço nos exames de rotina

O ultrassom não precisa ser incluído nos exames de rotina de todos. Apenas nos casos de nódulo e que, por orientação médica, devem ser acompanhados.

5. Sobre biópsia e punção

Muitos são os indivíduos que questionam se, após a identificação de um nódulo no pescoço, é sempre necessário efetuar a biópsia ou punção. A resposta é não. Tudo vai depender das particularidades clínicas do nódulo e, em alguns casos, do resultado do ultrassom.

Em boa parte dos quadros, o médico descarta a necessidade de métodos mais avançados, apenas realizados quando há suspeita de que o nódulo seja maligno, caracterizando o câncer de tireoide.

6. O que é a punção?

É um procedimento que remove uma mínima gota do líquido do nódulo, por meio de uma fina agulha, para que este seja investigado e a benignidade ou malignidade confirmada.

A técnica é rápida e apenas um pouco dolorosa.

7. Como é realizado o tratamento

Caso seja diagnosticado o câncer de tireoide, o tratamento é realizado por intervenção cirúrgica, que remove parcial ou totalmente a glândula da tireoide. A tireoidectomia, como é conhecida a cirurgia, deve ser associada em alguns casos ao tratamento complementar com iodo radioativo. 

8. Terapia hormonal

Para evitar que o nível de TSH fique muito elevado, mas sempre equilibrado, deve ser realizada terapia hormonal.

9. Tipos de câncer de tireoide

Os tipos desse câncer são:

  • papilífero: menos agressivo e mais comum;
  • folicular: um pouco mais raro, mas também pouco agressivo;
  • medular e anaplásico: o mais raro e também mais agressivo de todos.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista no Rio de Janeiro.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp